Início > Fundamentos > Receitas

Receitas


Algumas Receitas

Lembre-se bem: para os Orisás o importante não é a quantidade, e sim, a qualidade e o amor com que se faz.

Acaçá Branco

Procure comprar farinha de acaçá bem branquinha. Se não achar ou se vc não tiver, proceda assim:

Cate bem a canjica, lave-a e deixe de molho por 24 horas, escorra e bata no liquidificador, aos poucos, conseguindo assim a farinha, ou passe num moinho de cerais. Coloque  1 litro de água, e aproximadamente 5 colheres (de sopa,cheias) de farinha e leve ao fogo, mexendo sempre, até abrir fervura e ficar um mingau grossinho. Abaixe o fogo e cozinhe por 10 minutos. Pegue as folhas de bananeira, e corte-as em pedaços médios, limpe-as com pano úmido, e em seguida passe-as rapidamente pelo fogo (fogão), coloque o mingau de acaçá, ainda quente ( uma colher de sopa), e dobre a folha em forma de triângulo, deixe esfriar e use.

Acaçá Doce

Fazer do mesmo modo que o acaçá branco, trocando a água por leite de vaca, acrescentando leite de coco, e se quiser, um pouco de coco  ralado.

Acaçá Vermelho

Feito como o acaçá branco, substituindo a farinha de acaçá pelo fubá.

Acarajé (Acará)

Cate bem o feijão fradinho. Passe no liquidificador ou moinho de cerais, de forma que não triture demais os grãos. Ponha de molho por 20 minutos. Em seguida, esfregue entre as mãos até q as cascas se soltem e vc possa retirá-las, trocando várias vezes a água até q não fique nenhum olhinho preto do feijão. Passe, aos poucos, novamente, pelo liquidificador ou moinho, até obter uma massa consistente (sem água). Coloque numa vasilha e acrescente cebola ralada e sal a gosto. Com 1 colher de pau bata até obter uma massa bem leve e crescida. Frite em pequenas porções (colher de sopa) em azeite de dendê ou azeite de oliva (conforme o Orisá). É importante que os 9 primeiros acarajés fritos devem ser jogados na porta da rua e, em seguida, borrifada água. Se vc morar em aptº, leve-os à rua e coloque embaixo de uma árvore, discretamente, carregando consigo recipiente contendo água, para jogar um pouco do líquido logo após.

Ajabó

Corte a quantidade indicada de quiabos em rodelas fininhas ou picadinho, ponha numa tigela, junte ½ copo de água (mineral, sem gás), um pouco de açúcar mascavo e azeite doce. Bata bem, primeiro com a mão direita, depois com a esquerda. Suas unhas não deverão estar com esmalte.

Axoxó

Compre milho vermelho bem novinho e cate-o. Cozinhe até que os grãos fiquem macios. Em seguida acrescente 1 colher de chá de sal, e deixe ferver por 5 minutos. Escorra e coloque num alguidar ou travessa de barro, enfeitando com fatias de coco. Se quiser coloque, no centro, um pedaço de carne crua.

Bola de Arroz

Cozinhe bem o arroz branco, até q fique papa. Soque-o bem e enrole ainda morno, dando formato de bola.

Bola de Farinha

Coloque num recipiente a farinha de mandioca crua. Acrescente água, misture e faça, rapidamente, as bolas (vá molhando as mãos, se necessário).

Doburu

Numa panela coloque areia da praia ou rio (bem limpa) e esquente bem. Acrescente um pouco de milho de pipoca, tampe a panela, sacuda-a bem e deixe a pipoca estourar, em fogo brando, mexendo sempre. Retire e vá coando, os restos de areia numa peneira de palha. O Doburu tbm poderá ser feito em azeite de dendê ou oliva, neste caso suprime-se a areia. O Doburu de milho vermelho é feito é feito da mesma maneira.

Ebô (Canjica)

Escolha uma canjica nova e branquinha. Cate bem, lave e ponha no fogo, com água suficiente para q amoleça. Quando estiver bem cozida, torne a lavar para tirar o excesso de goma.

Ebô Iyá

É a canjica cozida, temperada com camarão seco socado, cebola ralada, azeite de dendê ou oliva. Não é necessário escorrer toda goma da canjica.

Ecuru

O mesmo processo da massa de acarajé, sem usar o sal e a cebola. Enrolar igual ao acaçá e cozinhar no vapor.

Obs.: a mesma pessoa q enrolar o Ecuru, deverá ser a mesma q irá desenrolar.

Omolocum

Cate o feijão fradinho e leve-o ao fogo com água. Quando estiver cozido e com pouca água, acrescente camarão socado, cebola ralada, azeite de dendê ou oliva, mexa e deixe apurar, até formar creme pastoso.

Padê (Farofa)

Num recipiente coloque a farinha de mandioca crua, uma pitada de sal (para Egun, não coloque sal), e o ingrediente indicado (mel, dendê, água, oliva, cachaça, etc.) suficiente para fazer uma farofa molhadinha (sem excesso) e vá mexendo com as pontas dos dedos.

Mariwô (preparando o Mariô)

     Retire do dendezeiro a folha do meio, a mais tenra e nova (ou poderá ser de um coqueiro, onde vc fará a similaridade, se não tiver em sua cidade, o dendezeiro) com uma faca afiada, divida a folha em 2, pelo centro. A talisca da folha deve ser retirada e a folha, em si, desfiada. As taliscas são usadas no inhame de Ogun, Xaxará e Ibiri. As folhas do Mariwô desfiadas, são usadas em portas e janelas para defesa. É proibido aos filhos de Ogun e às mulheres desfiá-lo.

Esclarecimentos

*Antes de preparar qualquer presente para os Orixás, o ideal é q vc tome banho de folhas frescas e neutras, ou seja, ervas q podem ser usadas por qualquer pessoa, como o : macaçá, o saião, a colônia ou o manjericão, da cabeça aos pés, para limpar seu corpo.

*Quando for entregar presentes dentro da mata, não se esqueça de, antes de entrar, pedir agô (licença) e mojuba (meus respeitos), reverenciando o Orixá Osoóniyn, e de jogar tbm algumas moedas (de qualquer valor) no mato.

*A noz-moscada é uma das mais poderosas favas de defesa, pq ela é utilizada para todos os Orixás.

*Se for usar quiabos no presente para Orixá, lave-os primeiramente e depois seque-os.

*Nos ensinamentos para saúde devemos observar q o presente dado aos Orixás ajuda, e muito, mas é essencial q haja acompanhamento médico.

*A palha-da-costa, fibra extraída da palmeira, tbm é conhecida como ráfia.

*Ao escrever nomes nunca use caneta, use sempre lápis preto.

* Procure sempre levar seus presentes para os Orixás e Odús, em locais afastados da cidade, para não sujar as ruas, encruzilhadas, praças e parques. Agindo assim, estaremos preservando o princípio maior da religião, q é a sintonia pura com a natureza, e tbm participando pela melhoria do meio ambiente.

*Se quiser, acenda suas velas em casa, antes de sair para entregar o presente do Orixá.

*Se for acender suas velas no local de entrega, limpe bem o local em volta, tirando folhas secas, papéis, garrafas plásticas, etc. Coloque as velas longe das raízes das árvores, para evitar queimá-las.

*Após entregar seu presente, na mata, cachoeira, rios, mar, etc. traga de volta sacos, sacolas, garrafas, etc. evitando sujar, degradar e desagradar a natureza.

*Ao colher folhas, corte-as com as mãos, evite o uso da faca; colha somente o necessário para seu uso, não desperdice as folhas, para não desagradar seu dono, Orixá Osoóniyn. Jogue moedas no local de onde tirou as folhas, fazendo assim uma troca com este Orixá. Lave-as bem antes de ofertá-las.

*Ao fazer seus preceitos, guarde resguardo 24 horas antes (sexo, bebida, farra, carne vermelha).

*No dia q for dar comida para Orixá Esú, não coma carne. Agindo assim, vc estará purificando e limpando seu organismo, para poder receber a essência do Orixá.

*Lave bem as frutas, cate bem os cereais, desembrulhe balas, doces, bombons, etc. se quiser corte as frutas em 4 partes.

*Nunca corte o inhame de Ogún (inhame-do-norte ou, na falta, use o inhame Cará) ou descasque-o com faca de aço, esse é um forte agravo a Ogún. Use objetos de plástico, madeira, até mesmo um fio de palha-da-costa bem retesado e corte-o sempre quando estiver quente, depois de descascá-lo.

*Se precisar usar camarão seco e não encontrá-lo em sua cidade, use o camarão fresco, bem lavado, com um pouco de sal.

*Verifique as fases da Lua para poder escolher a q melhores resultados trará. A Lua nova é tida como fase neutra. Procure sempre fazer seus presentes para Orixás, eguns, etc. em Lua crescente ou cheia. E presentes para Egun devem ser entregues depois das 18:00 h.

*Nunca entregue presentes, fora de sua casa, quando estiver chovendo. Se vc for a uma praça, por exemplo, entregar um presente debaixo de chuva, vc estará despachando-o e não dando de presente. Obs.: despachar=livrar-se de algo.

*Ao acender vela para Orisá, Odú ou Esú dentro de casa ou nos assentamentos, coloque sempre num pires ou castiçal, nunca no chão. Vela acesa no chão é para Egun.

*Se vc morar em aptº poderá usar vasos de plantas para fazer seus presentes.

*Se vc morar em cidade onde não tenha rio nem mar, poderá fazer seus presentes em lagoa ou até mesmo numa praça, mata, floresta, em local onde vc fique em contato com a natureza por alguns momentos.

*Quem tiver assentamento de Esú ou Bara, poderá oferecer os presentes em frente ao seu assentamento.

*Ao tomar seus banhos , não se enxugue depois; deixe a essência do banho agindo em seu corpo.

*Se, numa necessidade, vc não tiver em casa um alguidar, uma tigela, uma sopeira, etc., ou não puder comprar, use uma folha de papel-alumínio, pratinho de papelão ou, na falta destes, folha de bananeira ou mamona branca, bem limpinhas e secas.

*Ramos de trigo, são os ramos q contêm os grãos de trigo.

Folhas

Ewé lorogun = abre-caminho.

Cansanção = água-viva, urtiga –de- folha- grande. É usada para Ogún se colhida até às 12:00h, após esse horário é usada para Esú. É usada para funções positivas e negativas.

Ewé Lará = mamona branca.

Orípepê = pimentinha- d’água.

Oriri = alfavaquinha-de-cobra.

Peregun = pau-d’água, coqueiro-de-vênus.

Ewé Odundun = saião, folha-da-costa.

Teteregun = cana-do-brejo, cana-brava, cana-do-mato.

Anúncios
Categorias:Fundamentos
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: